Pasto Vivo

Pecuária sustentável e regenerativa no projeto Pasto Vivo

O Projeto Pasto Vivo objetiva criar o melhor modelo pecuário agroflorestal do mundo, regenerativo, resiliente e rentável, e que seja replicável ao contexto regional. De maneira pioneira e pragmática, está sendo feita a conversão agroflorestal da Fazenda São Benedito, com 1.200 hectares e localizada em Porto Esperidião, MT.

A abordagem da PRETATERRA tem como princípio norteador a maximização da resiliência dos ativos produtivos, mantendo e aumentando a rentabilidade econômica. O design pecuário regenerativo desenvolvido congrega fatores ecológicos e econômicos em sua resiliência, diversidade e sistematização operacional. Todas as premissas utilizadas criam um sistema inteligente, diverso e produtivo, com fluxo de caixa crescente desde o primeiro ano, regenerando o solo e a paisagem e proporcionando bem-estar e vida digna aos animais. Em última instância, o design agroflorestal regenerativo concebido pela PRETATERRA e personalizado para o Projeto Pasto Vivo, busca associar resiliência ambiental e produtiva com oportunidade de mercado e satisfação de investidores, produtores e consumidores conscientes, na construção conjunta de um novo paradigma produtivo.

A esquerda: A engenheira florestal Paula Costa, observa o desenvolvimento das raízes de uma planta de feijão guandu em novembro de 2021, plantada como adubação verde, servindo também para sombreamento inicial e enriquecimento da pastagem. A direita: Valter com muda de aroeira verdadeira (Myracrodruon urundeuva). Fotos: PRETATERRA

Confira no vídeo um pouco mais sobre o projeto e como estamos implantando esse sistema:

Saiba mais em: https://pastovivo.com/

Release imprensa: https://www.cenariorural.com.br/com-investimento-de-5-milhoes-projeto-de-pecuaria-sustentavel-quer-ser-vitrine-para-o-mundo/

Saiba mais sobre agrofloresta:
Espécies, mão de obra, maquinário e mercado, todos devem ser escolhidos e analisados dentro um planejamento detalhado para resultar no melhor custo-benefício e retorno.
Indispensáveis na agrofloresta, as espécies de serviço tem várias funções, mas uma das principais é a produção de biomassa.
Recebemos a pergunta do Carlos, que é de Manaus e gostaria de implantar uma agrofloresta em 32 hectares, numa área que já é uma floresta.
veja também
A PRETATERRA em parceria com a LaGrama acaba de implantar um módulo modelo replicável de sistema agroflorestal para gengibre e cúrcuma em Pichanaki, na Selva Alta Peruana.
Sistema agroflorestal focado na produção de algodão orgânico, apoiado por outras espécies secundárias de valor ecológico e econômico
La Ferme Moderne é uma empresa de produtos gastronômicos artesanais de alto padrão. Antes dedicada à produção de cerâmica, a...

drop's regenerativos

fique informado! se inscreva e receba as últimas notícias sobre agrofloresta




    Nós nos preocupamos com seus dados e adoraríamos usar cookies para melhorar sua experiência. Você pode saber mais sobre nossa política de privacidade e cookies aqui.