Café agroflorestal: Case Café dos Contos III

Para o nosso terceiro post sobre o projeto com o pessoal do Café dos Contos, falaremos um pouco mais dessa querida parceria, que é exemplo na Serra da Mantiqueira.

Projeto PRETATERRA e Café dos Contos

Paulo de Araújo, um dos sócios e fundadores da marca de café orgânico e agroflorestal Café dos Contos, conta que foi fácil a escolha de chamar a PRETATERRA para os ajudarem no início do projeto:

“Tanto o Valter, como a Paula são os profissionais que mais vivenciam na prática a agrofloresta, possuindo muita bagagem científica acerca do sistema produtivo delas. Trazem muita credibilidade e transparência para os produtores que buscam por respostas, oferecendo propostas muito bem fundamentadas cientificamente, mas também tecnicamente”.

Valeu pela confiança, Paulo! Após o início da nossa parceria em 2018, dois talhões agroflorestais foram instaurados na monocultura do café, onde um foi desenhado pela PRETATERRA e o segundo foi uma réplica do outro, mas com algumas espécies diferentes. No primeiro, como já contamos no primeiro post sobre a história do projeto, foram plantadas bananeiras, macadâmias, ingás e cedros Australianos.

No segundo talhão, que é mais recente, Paulo e Mariana decidiram combinar o cafezal com a citricultura, contando com uma variação de limão das variedades Siciliano, Taiti, Cravo e Tangerinas Maingate. O beneficiamento do café, ou seja, sua limpeza, despolpa, moagem e torrefação é realizado com parceiros externos.

Já a comercialização é realizada por um e-commerce para pequenos produtores chamado Faz a Feira, mas também o Paulo e a Mariana vendem pelas redes sociais, principalmente pela conta do Instagram @cafedoscontos, não deixe de conferir e pedir o seu café da safra mais recente!

O design agroflorestal do Café dos Contos

Área para expandir o sistema

A propriedade de Monte Sião ainda possui muito espaço disponível, chegando até sete hectares de área para futuras implementações regenerativas. Com oportunidades de expansão, os sócios buscam unir esforços com vários produtores individuais da região que estejam interessados na realização de uma transição para uma produção mais regenerativa dos cafezais. A articulação para uma união desses agricultores, onde cada um possui uma experiência local para somar ao grupo, mesmo não sendo formal, será de intercâmbio de conhecimentos muito enriquecedores.

Os designs agroflorestais da PRETATERRA são planejados para serem modulares, elásticos, aderentes e replicáveis. Por isso, podem sofrer ajustes de acordo com demandas de manejo e mercado diferentes na mesma paisagem. Trabalhamos com o conceito de nicho funcional, que considera características ecológicas, agrícolas, de forma, etc na alocação das espécies no espaço-tempo.

Ainda é um começo de uma longa e bela jornada. Muitas safras de café florescerão, as macadâmias serão colhidas, os citros ficarão maduros e a regeneração da propriedade cada vez mais se expandirá. Assim, se tornará um conto agroflorestal de inspiração para outras pessoas.

Você gostaria de converter seu sistema produtivo aplicando técnicas de agricultura regenerativa ou de conhecer tudo sobre agrofloresta? Então o Pioneer, o primeiro curso do PRETATERRA Academy é pra você. Leia tudo no nosso site, assista a uma aula grátis e faca sua matrícula com desconto.

Saiba mais sobre agrofloresta:
Espécies, mão de obra, maquinário e mercado, todos devem ser escolhidos e analisados dentro um planejamento detalhado para resultar no melhor custo-benefício e retorno.
Indispensáveis na agrofloresta, as espécies de serviço tem várias funções, mas uma das principais é a produção de biomassa.
Recebemos a pergunta do Carlos, que é de Manaus e gostaria de implantar uma agrofloresta em 32 hectares, numa área que já é uma floresta.
veja também
Nosso projeto que visa restaurar a paisagem e fomentar o empreendedorismo na Mata Atlântica vai implantar mais 200 hectares de sistemas agroflorestais.
A segunda parte sobre o nosso projeto com café agroflorestal na Serra da Mantiqueira.
Café é uma cultura tipicamente agroflorestal? Nosso projeto com o pessoal do Café dos Contos, na Serra da Mantiqueira, em MG, ganhou um prêmio e prova que café agroflorestal é tudo de bom!

drop's regenerativos

fique informado! se inscreva e receba as últimas notícias sobre agrofloresta




    Nós nos preocupamos com seus dados e adoraríamos usar cookies para melhorar sua experiência. Você pode saber mais sobre nossa política de privacidade e cookies aqui.