PRETATERRA responde: no sistema agroflorestal de Timburi, qual o papel da pimenta-rosa?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Se você acompanha o nosso IG (link), viu que temos postado muito sobre o que estamos fazendo no Projeto Timburi. Postamos um vídeo explicando o plantio de um dos sistemas implementados por lá, e a Alexandra Nogueira fez a seguinte pergunta:

“As linhas de pimenta e depois abacate são para proteger a plantação de café? Desculpa perguntar, pois não entendo. Na roça da minha mãe temos café e a pimenta rosa aqui na região é planta nativa. O sítio fica na região de Linhares-ES. Fica entre Linhares e Pontal do Ipiranga.”

Alexandra, obrigado por nos acompanhar! A sua pergunta se refere ao SAF Frutas, que é um sistema agroflorestal que desenvolvemos para o Projeto Timburi e que foca na produção de abacate. Neste sistema não temos o café, mas sim linhas de espécies arbóreas (madeiráveis de ciclo médio e longo e o abacate), intercaladas com linhas de espécies de serviço. Explicamos um pouco sobre esse sistema aqui.

Por que incluímos a aroeira-pimenteira no sistema?

Falando especificamente do SAF Frutas, as aroeiras-pimenteiras foram incluídas como espécies de serviço de dupla aptidão, ou seja, seu propósito dentro do sistema, além da ciclagem de nutrientes, produção de biomassa e atração de polinizadores e dispersores, é a produção da pimenta-rosa. Incluímos essa espécie aqui porque mapeamos grande potencial regional para essa cultura.

A aroeira-pimenteira pode ser usada para sistemas agroflorestais com café?

A região de Linhares, ES, é privilegiada, local de Mata Atlântica exuberante nas Florestas de Tabuleiro e mussunungas. Além do estado possuir aptidão para o café, grande parte, senão a maior parte de produção de pimenta-rosa do Brasil também se concentra aí. Incluir a aroeira-pimenteira em sistemas agroflorestais com café faz todo sentido, desde que posicionada de maneira lógica no espaço e tempo. Por ser uma árvore de porte médio e rápido crescimento, seu manejo deverá ser feito periodicamente. E a presença de árvores de crescimento mais lento e de maior porte junto com as aroeiras-pimenteiras protegerão o café ao criarem um microclima tornando seu sistema mais resiliente perante às mudanças climáticas.

Saiba mais sobre agrofloresta:
Recebemos a pergunta do Carlos, que é de Manaus e gostaria de implantar uma agrofloresta em 32 hectares, numa área que já é uma floresta.
Como faço para controlar as formigas cortadeiras no meu plantio? Pergunta do Rafael pelo IG. Oi Rafael, infelizmente o dano... Continue lendo
Oi equipe da PRETATERRA. Eu admiro muito o trabalho de vocês, mas moro na cidade e não tenho espaço nenhum... Continue lendo
veja também
Recebemos a pergunta do Carlos, que é de Manaus e gostaria de implantar uma agrofloresta em 32 hectares, numa área que já é uma floresta.
Como faço para controlar as formigas cortadeiras no meu plantio? Pergunta do Rafael pelo IG. Oi Rafael, infelizmente o dano...
Oi equipe da PRETATERRA. Eu admiro muito o trabalho de vocês, mas moro na cidade e não tenho espaço nenhum...

drop's regenerativos

fique informado! se inscreva e receba as últimas notícias sobre agrofloresta




    Nós nos preocupamos com seus dados e adoraríamos usar cookies para melhorar sua experiência. Você pode saber mais sobre nossa política de privacidade e cookies aqui.