O trator e a compactação do solo

Esses dias postamos um vídeo no nosso Instagram mostrando a rega das mudas recém-plantadas do Projeto Timburi com o auxílio de um trator. Recebemos a pergunta de @sucessaonatural sobre se esse tipo de veículo pesado compacta o solo.

A resposta é sim: o trator compacta o solo devido ao seu peso.

Assim como em tudo, as decisões que tomamos com relação às operações em campo são embasadas a partir de uma análise de custo-benefício, ou seja, o entendimento das vantagens e desvantagens de certa ação e a reflexão de qual caminho seguir dependendo do momento.

Com relação ao trator, é importante aprender a usá-lo da maneira mais responsável e consciente possível, justamente porque o seu uso está diretamente relacionado à compactação do solo.

Algumas dicas que podemos dar em relação ao trator em si, falando especificamente dos pneus, é que devem ter uma rodagem larga. Dependendo do solo, por exemplo, se ele for muito argiloso, optar pelo pneu filipado na traseira e com o eixo mais largo possível para distribuir o seu peso. Ainda, é importante evitar entrar com o trator na área de plantio após a chuva, pois o solo é mais facilmente compactado quando úmido.

O uso do trator em áreas de agrofloresta deve ser feito apenas nas primeiras semanas durante e após o plantio para operações de preparo de solo, ou seja, quando estivermos roçando, semeando ou irrigando. Isso porque é importante evitar usar o trator em locais que queremos manter com cobertura de solo. Após esse período, quando existe cobertura de solo ou biomassa, é muito interessante pensar em usar moto com carreta ou outros veículos, como caminhonetes, para andarem pela entrelinha.

No nosso projeto em Timburi, estamos plantando 100 hectares e a quantidade de água que precisamos para a rega das mudas é muito grande, por isso está sendo transportada com o trator. Por isso, apesar de algumas desvantagens, optamos por usar o trator para essa operação durante as primeiras semanas, até que as mudas estejam se desenvolvendo bem e a cobertura de solo esteja devidamente posicionada. Se você tem uma área pequena, essa operação não necessariamente precisará do trator e outras opções poderão ser escolhidas. Por isso, é importante pesar prós e contras e tomar decisões assertivas que num balanço final sejam positivas para você.

Obrigado @sucessaonatural pela pergunta!

Também respondemos perguntas no nosso blog. Confira outras aqui.

Saiba mais sobre agrofloresta:
Espécies, mão de obra, maquinário e mercado, todos devem ser escolhidos e analisados dentro um planejamento detalhado para resultar no melhor custo-benefício e retorno.
Indispensáveis na agrofloresta, as espécies de serviço tem várias funções, mas uma das principais é a produção de biomassa.
Recebemos a pergunta do Carlos, que é de Manaus e gostaria de implantar uma agrofloresta em 32 hectares, numa área que já é uma floresta.
veja também
Espécies, mão de obra, maquinário e mercado, todos devem ser escolhidos e analisados dentro um planejamento detalhado para resultar no melhor custo-benefício e retorno.
Indispensáveis na agrofloresta, as espécies de serviço tem várias funções, mas uma das principais é a produção de biomassa.
Recebemos a pergunta do Carlos, que é de Manaus e gostaria de implantar uma agrofloresta em 32 hectares, numa área que já é uma floresta.

drop's regenerativos

fique informado! se inscreva e receba as últimas notícias sobre agrofloresta




    Nós nos preocupamos com seus dados e adoraríamos usar cookies para melhorar sua experiência. Você pode saber mais sobre nossa política de privacidade e cookies aqui.