Café agroflorestal: Case Café dos Contos II

A segunda parte sobre o nosso projeto com café agroflorestal na Serra da Mantiqueira.

Com o início da parceria entre o Café dos Contos e a PRETATERRA em 2018, o cafezal até então em monocultivo na propriedade em Monte Sião, Minas Gerais, foi convertido em um sistema agroflorestal regenerativo e biodiverso.

Reconhecimento

Em pouco tempo, apesar da pequena escala, esse sistema que implantamos com o Paulo e a Mari do Café dos Contos se tornou referência ao ganhar destaque nacional com a premiação na categoria “Sustentabilidade de Pequeno Porte” do Prêmio Novo Agro, em 2019. Iniciativa da Esalq-USP com o Santander, o Prêmio reconhece iniciativas sustentáveis no agronegócio.

Segundo o Paulo, “pra nós foi muito legal ver que uma instituição financeira olha para sistemas agroflorestais e premia iniciativas como a nossa, isso também não deixa de ser uma chancela de viabilidade econômica”.

 

Paulo e Mari durante a premiação, em 2019. Foto: Café dos Contos[/caption]

Divulgação científica

Também em 2019, apresentamos um resumo no 4º Congresso Internacional de Agrofloresta que ocorreu em Montpellier, França. Você pode consultar esse e outros resumos publicados neste congresso no Livro de Resumos, disponível here.

Desde então, o Paulo e a Mari fecharam uma parceria com o Instituto Federal do Sul de Minas, localizado em Inconfidentes, abrindo suas portas para estudantes, professores e pesquisadores de Agronomia, Gestão Ambiental e Biologia, para estudos sobre o solo, retenção de carbono, água, indicadores de agricultura regenerativa, etc.

 

Photo: PRETATERRA

Agrofloresta é vida!

Alguns resultados já estão sendo colhidos: recentemente, o engenheiro agrônomo Roger Fernandes fez seu trabalho de conclusão de curso comparando a diversidade de insetos dos sistemas agroflorestais implantados pela PRETATERRA em 2018 com outras áreas.

De maneira muito interessante, nos sistemas agroflorestais foram encontrados valores de abundância e diversidade de invertebrados similares às áreas de mata conservada e superiores às áreas de regeneração natural, reflorestamento e pastagem. A agrofloresta traz a lógica da floresta para um sistema produtivo, criando um ambiente no qual as relações ecológicas se equilibram e a biodiversidade se manifesta em todas as suas formas.

Quer saber mais sobre o projeto? Leia o nosso primeiro post que conta como tudo
começou here. Visite o IG deles @cafedoscontoS, onde sempre publicam novidades das colheitas. E se quiser degustar esse café em casa, clique here.

Learn more about agroforestry:
Espécies, mão de obra, maquinário e mercado, todos devem ser escolhidos e analisados dentro um planejamento detalhado para resultar no melhor custo-benefício e retorno.
Indispensáveis na agrofloresta, as espécies de serviço tem várias funções, mas uma das principais é a produção de biomassa.
We received a question from Carlos, who is from Manaus and would like to implement an agroforestry on 32 hectares, in an area that is already a forest.
read next
Café é uma cultura tipicamente agroflorestal? Nosso projeto com o pessoal do Café dos Contos, na Serra da Mantiqueira, em MG, ganhou um prêmio e prova que café agroflorestal é tudo de bom!
Em um dos nossos projetos no Nordeste, pensamos em como agregar valor à cadeia da banana-prata.

regenerative drops

stay informed! sign up and receive the Latest news about agroforestry




    We care about your data and would love to use cookies to improve your experience. You can learn more about our privacy and cookies policy here.